Montreal By Night
Pally Masters Play By Forum

1º PASSO: Se Registre no fórum

2º PASSO: Entre em contato com o Narrador Mikael Strigoi via MP ou então faça Login no Chatbox do fórum.

3º PASSO: Entre em nosso grupo no Facebook: Fórum Pally Masters

4º PASSO: Divirta-se

IMPORTANTE:
Como os temas abordados nas crônicas do Sabá (e principalmente de Montreal) são bastante fortes se recomenda que os jogadores tenham 16 anos ou mais.

Código de Milão - Punições de Montreal

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Código de Milão - Punições de Montreal

Mensagem  Mikael Strigoi em Ter Nov 18, 2014 1:17 pm

Pela autoridade solene do Regente Gorchist, este é o verdadeiro Código de Milão, revisado a partir dos manuscritos originais na noite de 21 de Dezembro de 1993. Das cinzas de nossa grande guerra, que a paz possa reinar para todo o sempre.
Um juramento de lealdade foi feito pelo regente e pelo consistório na presença de todos os líderes de facções e 50 outras testemunhas através do qual eles se comprometem a seguir fielmente todos os regulamentos impostos por este código em sua liderança do Sabá. O Código de Milão revisado foi aceito por todas as facções do Sabá, incluindo a dos Cardeais Huroff, Bruce de Guy, Agnes e Charles VI; e a dos Arcebispos Beatrice, Una, Tecumseh, Giangaleazzo, Toth, Aeron, Marsilio, Rebecca, Julian e Salluccio. Todas as demais facções têm de se comprometer a apoiar o Código de Milão revisado ou solicitar sua separação do Sabá.
Seguem-se os estatutos que compõem o Código de Milão:

P.S. As Referentes "Punições " Impostas ao Código foram definidas pelo Arcebispo Mikael Strigoi, e serão aplicadas o mais rápido possível sob pena de Caçada Selvagem a qualquer insubordinação por parte dos responsáveis.

I. O Sabá manter-se-á unido em seu apoio ao Regente da Seita. Se for necessário, um novo Regente será eleito. O Regente apoiará a luta contra a tirania, garantindo liberdade a todos os membros do Sabá.
Pena: Mikael Strigoi é amigo pessoal do Regente do Sabá. Qualquer denúncia de um cainita agindo contra vontade do Regente, leva o acusado a uma audiência " pessoal " com o Arcebispo. Da qual o " acusado " nunca sairá.

II. Todos os membros do Sabá devem dar o melhor de si para servir seus líderes contanto que estes sirvam a vontade do Regente
Pena: Como o Arcebispo atual vem de um tempo em que a política era digamos " bem mais simples ", qualquer Cainita que se mostre displiscente com seus deveres para com a seita será enviado para servir em algum dos exércitos em formação do tzimisce conhecido como Alfaiatezinho de Praga na forma de um Carniçal de Guerra ou coisa pior ...

III. Todos os membros do Sabá devem celebrar respeitosamente todos os Auctoritas Ritae.
Pena: Mostrar desrrespeito durante um Ritae do Sabá na primeira vez costuma ser ignorado. Receberá uma censura na segunda vez. Na terceira o método mais comum é amarrar as tripas do " desrespeitoso " vampiro em uma pick up e arrastar umas 10 quadras. Na quarta vez ... bom ... ninguém fez isso 4 vezes ainda.

IV. Todos os membros do Sabá devem manter sua palavra de honra uns para os outros.
Pena: No geral esse termo não funcina muito bem. Mas funciona quando se trai um vampiro de maior status dentro da seita. A pena costuma ser de acordo com a idéia de tortura e desgraça que o vampiro traído considerar melhor. Por isso cuidado para não tentar ludibriar um tzimisce ...

V. Todos os membros do Sabá devem tratar seus semelhantes com justiça e igualdade, sustentando a força e a unidade do Sabá. Se for necessário, eles devem suprir as necessidades de seus irmãos.
Pena: Pra termos de jogo praticamente qualquer reclamação a um Bispo, de algum dos integrantes de um bando não está colaborando para a causa da Seita pode levar esse infeliz sabotador a um tribunal. Daí ele vai ter que explicar porque tomou ações que o levaram até ali. Em caso de não conseguir será Diablerizado por todos os cainitas presentes na ocasião.

VI. Todos os membros do Sabá devem colocar o bem da Seita e o da raça dos Cainitas acima de suas próprias necessidades a qualquer custo.
Pena: No geral a maioria dos acusados disso que tem o mínimo de cérebro podem conseguir se explicar. Caso não consigam serão Empalados e presos em um caixão de ferro. Depois lançados no mar ou rio mais próximo. Isso é feito para que ele passe algumas décadas refletindo sobre suas atitudes egoístas e retorne depois para servir melhor a seita. Mas muitos acabam esquecidos e viram comida para as criaturas marinhas.

VII.Aqueles que não honrarem este Código não deverão ser tratados como iguais e, portanto, não são dignos de assistência.
Pena: Desnecessário dizer que se o Sabá não conseguir aplicar a punição correta ao termo sentenciado em algum cainita, esse está fora de qualquer alcance de direitos dentro da seita. Perdendo o Status e geralmente a não vida quando descoberto. Entre os Bispos do Sabá circula uma lista dos vampiros locais que devem alguma coisa perante a justiça da seita.

VIII. Como sempre foi, sempre será. A Lei de Talião será o modelo imortal de justiça pelo qual todos os membros do Sabá devem se guiar.
Pena: A pena pelo descumprimento da Lei do Talião varia de acordo com o Bispo que julgará. Alguns podem ser horrivelmente criativos nesse caso.

IX. Todos os membros do Sabá devem proteger uns aos outros contra os inimigos da Seita. Inimigos pessoais devem continuar sendo uma responsabilidade pessoal, a não ser que tenham o potencial de enfraquecer a segurança da Seita.
Pena: Qualquer sabá que prefira enfrentar outros do bando (ou de outro Bando) ao invés de destruir a escória da Camarilla pode ser levado a um tribunal. E a explicação vai ter que ser boa. A pena costuma ser desmembramento na primeira vez e incineração na segunda.

X. Todos os membros da Seita devem proteger os territórios do Sabá contra forças externas.
Pena: Esse termo inclui não só a simples destruição do inimigo. Se um sabá local souber de algum cainita que não seja da seita no Domínio da Espada de Caim e não informar ao Arcebispo será considerado um traidor. A pena é a Morte Final. Pelas mãos do Bispo ou até mesmo do Arcebispo.

XI. O espírito de liberdade deve ser o princípio fundamental da Seita. Todos os membros do Sabá devem esperar e exigir liberdade de seus líderes.
Pena: De fato poucos cainitas de baixo status dentro da seita cobraram e esse direito e ainda caminham pela noite. Mas com um grande grau de argumentação é possível. Um cainita acusado de proibir de alguma forma a Liberdade de seus comandados pode ser levado a um tribunal perante ao Bispo. A pena da primeira vez é Censura. Na segunda Desmembramento e na terceira um doce banho de Sol.

XII. O Ritus de Monomacia deverá ser usado para resolver as disputas entre membros do Sabá.
Pena: Um líder do Sabá que recuse um desafio de Monomacia, perde seu Posto automáticamente para o desafiante. Se trapacear será torturado pelo Bispo até que aceite realizar a disputa novamente. Geralmente se perde algum membro nessa " tortura " tornando as coisas mais difíceis. Pensem nisso antes de dar uma de " Dick Vigarista ".

XIII. Todos os membros do Sabá devem apoiar a Mão Negra.
Pena: Bom, se algum sabá corajoso não apoiar a Mão Negra. O Arcebispo deseja boa sorte para ele.

Anexo ao Código de Milão
Analisado por todas as facções presentes nesta noite, 21 de Dezembro de 1993, e doravante preservados.

XIV. Todos os membros do Sabá têm o direito de monitorar o comportamento e as atividades de seus companheiros de Seita, a fim de manter a liberdade e a segurança.
Pena: Esse direito é extramemente respeitado pelo novo Arcebispo. Ele sofre de um razoável nível de paranóia. E pode tratar qualquer caso simples como uma seriedade " horripilante ".

XV. Todos os membros do Sabá têm o direito de convocar um conselho formado por seus semelhantes e líderes imediatos.
Pena: Esse direito é geralmente atendido prontamente. Mesmo Bispos as vezes comparecem em reuniões convocadas por simples neófitos da Seita. O Arcebispo costuma enviar agentes seus quando fica sabendo de uma.

XVI. Todos os membros do Sabá devem tomar ações contra os membros da Seita que usarem de seus poderes e autoridade concedidos pelo Sabá em benefício próprio. Contudo, tal atitude deve ser tomada através de meios aceitáveis e aprovada por um quórum de Prisci.
Pena: Montreal costuma receber vários Priscus do Sabá. Nem todos alardeiam suas visitas a cidade. Mas há aqueles dentro da Seita que sabem essas coisas. A reclamação sobre as atitudes de algum superior podem ser feitas, embora tenha que se tomar cuidado para que esse " superior " não desconfie disso. Esses conselhos exigem testemunhas.
avatar
Mikael Strigoi
Storyteller
Storyteller

Mensagens : 392
Data de inscrição : 05/11/2014
Localização : Montreal

Ficha do personagem
Clã: Tzimisce
Geração: Oculta
Bando: Pally Masters

Ver perfil do usuário http://montrealbynight.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum