Montreal By Night
Pally Masters Play By Forum

1º PASSO: Se Registre no fórum

2º PASSO: Entre em contato com o Narrador Mikael Strigoi via MP ou então faça Login no Chatbox do fórum.

3º PASSO: Entre em nosso grupo no Facebook: Fórum Pally Masters

4º PASSO: Divirta-se

IMPORTANTE:
Como os temas abordados nas crônicas do Sabá (e principalmente de Montreal) são bastante fortes se recomenda que os jogadores tenham 16 anos ou mais.

Prelúdio Mark Dennis

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Prelúdio Mark Dennis

Mensagem  Mark Dennis em Ter Fev 03, 2015 1:57 pm

Mark cresceu num distrito industrial de Los Angeles na década de 70, filho de pais que buscavam dar ao seu filho único uma educação melhor da que eles tiveram. Incentivavam o garoto a estudar, a se envolver com atividades “edificantes”, a ir para igreja, enfim...Mas o que Mark gostava mesmo era de andar com os outros garotos do bairro, afinal aquela bobeira toda só iria o levar a ter no máximo uma vida mediana, então, pra que se importar com aquelas babaquices¿ Mark também, por incrível que pareça, gostava de se dedicar certo tempo as atividades da igreja, tendo incentivo de um padre bacana que se tornara seu amigo e que lhe dava conselhos pois via no jovem Dennis um bom homem.
Fora dos períodos que Mark passava conversando com o padre Nicholas sobre a vida e outros conhecimentos interessantes, passava seu tempo aprendendo pequenos delitos com seus amigos, envolvido com brigas na escola, tentando seduzir garotas, lendo revistas e quadrinhos de gangsteres, armas, livros religiosos e de ocultismo, aparecendo de vez em quando com um machucado aqui e ali, uma torção, um osso trincado, mas nada que ele não pudesse relevar e com tempo lá estava ele de novo nas ruas aprontando. Com 17 anos ficou sabendo que um armênio de nome Balderie estava procurando por novos “garotos promissores” para fazer certos serviços que a sociedade não aprovaria como certo. Mark Dennis viu aí uma oportunidade de participar de algo de verdade, afinal seus pais já estavam desistindo dele e ele precisava provar para seus pais que poderia ser bem sucedido, conseguir um dinheiro para ajudar em casa, enfim, mostrar que não era um fracassado, afinal ele pensava, “Se sobrevivi a tanta merda e confusão nesse subúrbio, nada mais pode me derrubar”, ledo engano é claro, apenas a prepotência de um jovem...
Mark começou com coisas simples, até distribuição de drogas e chegou com sucesso até cobrador oficial das dívidas que os azarados deviam ao seu patrão, pois ele e seu amigo Jessie, um cara enorme viciado em musculação (O cara era um armário), formavam uma dupla difícil de derrubar( o que mais tarde provou ser apenas difícil, não impossível). Com o dinheiro que ele ganhava Mark ajudava a diocese, ajudava seus pais e seu irmão mais novo, nascido apenas há alguns anos, se divertindo também com seus companheiros de gangue, indo e vindo em restaurantes e bares de mafiosos, conhecendo o submundo do crime. O que ele queria mesmo era investir o dinheiro em algo rentável que não fosse sujo, queria montar seu próprio negócio, talvez um restaurante, porém, para que conseguisse isso teria que ter bastante dinheiro. Foi quando Balderie soube de suas idéias e disse a Mark: “ Senhor Dennis, tenho um serviço que talvez possa lhe valer uma boa grana, mas garanto que não será fácil...preciso que você e o Jessie dê um jeito num traficante de armas importante, um sujeitinho chamado Haward Smith, soube que ele estará hoje a noite num galpão perto da rodovia oeste, ao lado do minigolfe, vá até lá e dê um jeito de apavorá-lo e pegar meu dinheiro de volta, se você conseguir terá o bastante para começar seu negócio e está livre do nosso grupo”. Dennis tão tolo não percebeu que o que ele queria era se livrar dele. Aos 25 anos de idade, outono de 2005 lá estava ele na frente do galpão com seu amigo Jessie, só mais essa e ele estaria livre...
Dentro do galpão só havia um homem visível, moleza pensou Jessie, só está o cara aqui...qual a surpresa dos dois quando o tal Smith abriu os braços em sinal de saudação e disse: “Boas vindas, estava lhes esperando”. Foi ai que Jessie acertou uns tiros no peito do cara e par nossa surpresa o desgraçado sorriu! Mark o acertou com um cano na cabeça e ainda ele estava lá de pé...foi visível quando com um soco jogou Jessie longe e acertou outro no abdômen de Mark , o lançando contra a parede e andando até Jessie , ordenou: “levante-se” e Jessie se levantou. Quando Jessie ia atacar novamente o monstro apenas lhe ordenou: “pare” e lá ficou Jessie. Ai ele abriu sua boca e aquelas paradas afiadas (caralho eram presas!) grudaram no pescoço de Jessie e o exauriram. Dennis conseguiu puxar a arma e dar mais uns dois tiros nele e nada...Ele veio e o interrogou com aquela boca suja de sangue e as presas de fora, querendo saber o porquê de estar ali fazendo aquilo. Mark resistiu um pouco e tomou uns tapas do cara... cuspiu sangue na sua cara...Mais outros tapas...Não dava pra aguentar...Ai o cara simplesmente olhou no olho de Mark e ordenou: “Conte-me”. Quão surpreso aquele sanguessuga desgraçado ficou ao ver que Mark nada lhe respondeu...Ele disse: “Você tem coragem filho...e tem uma vontade que lhe faz resistir como uma puta Novaiorquina ao encontrar um dinamarquês pauzudo...Muito bem garoto, vou lhe dar algo eu vai realçar esse dom seu...”
A não-vida em seus primeiros dias foi um inferno para Mark, ele não entendia o porque daquele barbarismo todo chamado Sabá, nem na sua vida de gangue...Dennis a única coisa que sabia fazer era seguir em frente e sobreviver na sua vida...e assim seria na sua não-vida, melhor fazer o que os cabeças de pá querem, até encontrar coisa melhor, ou descobrir como encontrar coisa melhor na hierarquia do sabá, sabe-se lá...Saudades dos conselhos do padre Nicholas...
Depois de aprender alguns truques com o monstro Smith, 9 anos depois estava em Montreal a mando dos cabeças de pá para cumprir alguma missão para o Sabá e entrar em contato com um tal de Dimitri. Esse cara estava lá no aeroporto lhe esperando com uma cara de quem tinha sido estuprado por um elefante, cara mal humorado...enfim, pegou o endereço de um cara com nome de videogame, Double Dragon, Dragon ball, Dragunsnov, sei lá...
Mark se organizou uns dias na cidade, deu uma de perdido, achou uma jovem que poderia lhe mostrar a cidade de nome Marie e a história, bem...Agora ela é sua carniçal e ele está aproveitando da sua renda e refúgio.
Saindo de casa e olhando para a o céu voluptuosamente noturno, Mark resolve que é hora de encontrar seu novo bando...
avatar
Mark Dennis
Neófito
Neófito

Mensagens : 51
Data de inscrição : 31/01/2015

Ficha do personagem
Clã: Cara pálida
Geração: Oculta
Bando: Temidos pela morte

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum